Museu do Oriente de portas abertas ao mundo na Google Arts & Culture

by Viagensa4
Partilhas

Ponto de encontro de civilizações e culturas, o Museu do Oriente estabeleceu uma parceria com a Google, passando agora a poder ser visitado também nesta plataforma.

Em Google Arts & Culture, utilizadores de todo o mundo podem visitar gratuitamente sete exposições inéditas e ver, em detalhe, cerca de 170 peças digitalizadas em alta resolução, nomeadamente, biombos chineses e japoneses dos séculos XVII e XVIII, peças raras de arte namban e porcelana brasonada, entre outros exemplares do rico e vasto espólio do Museu do Oriente.

Especialmente para esta plataforma, foram desenvolvidas sete exposições baseadas em detalhes de peças do Museu e nas suas histórias, por vezes escondidas ou menos conhecidas do público. Entre elas, destacam-se o Biombo de Coromandel, o Oratório Namban e as Máscaras da Ásia, esta última inspirada numa exposição que já esteve patente no Museu do Oriente e que pode assim ser revisitada.

Para a diretora-adjunta do Museu do Oriente, Joana Belard da Fonseca, “a simbiose entre o mundo analógico e o digital, o físico e o virtual, tornou-se ainda mais evidente nos últimos meses. O Museu do Oriente conseguiu adaptar-se rapidamente à nova realidade, para continuar a chegar aos seus públicos e garantir-lhes o acesso à cultura e ao lazer, tão essenciais durante esta fase das nossas vidas. Esta parceria com a Google é mais um passo neste acesso universal à cultura, de forma a que mais pessoas possam conhecer a variedade e a riqueza do nosso acervo e para que o público que não nos pode visitar, por se encontrar longe, mesmo assim tenha contacto com as várias temáticas que abrangemos. Esta iniciativa permitirá também ao público académico, nacional e internacional, conhecer, investigar e explorar as colecções do Museu do Oriente. É com orgulho que reabrimos portas, agora para o mundo”.

A Google Arts & Culture reúne tesouros, histórias e conhecimento de mais de 2.000 instituições culturais de 80 países, 43 delas portuguesas, ajudando a tornar a cultura mundial acessível a qualquer pessoa, em qualquer lugar.

O Museu do Oriente é um dos raros museus na Europa vocacionado para as relações entre as grandes civilizações do Oriente e do Ocidente. Pertencente à Fundação Oriente, é um espaço de conhecimento e partilha, dedicado às relações entre os portugueses e os povos asiáticos. Uma viagem por cinco séculos de culturas em diálogo, contada através da Arte, da História e das tradições vivas da Ásia, em duas colecções: a colecção Presença Portuguesa na Ásia, com cerca de 1.600 peças que vão desde 3000 a.C. a meados do séc. XX, põe em relevo o périplo dos portugueses na Ásia assente no comércio, na missionação e no encontro de culturas; e a colecção Kwok On, com um acervo de mais de 15.000 objectos, testemunhos das artes performativas asiáticas, suas tradições, cultos populares e rituais a eles associados.

Partilhas
0 comment

Também pode gostar